Data: 19/04/2022 Tempo: 05min de leitura Categoria: Atualidade Visualizações: 170 visualizações
Por: Observatório da Gastronomia

Santa Catarina mais uma vez inova ao plantar as bases de um Centro de Inovação especializado em um setor econômico que normalmente não é lembrado quando se fala no assunto, mas que tem recebido inovações significativas nos últimos tempos: a Gastronomia. Trata-se de uma iniciativa da Associação dos Bares e Restaurantes do estado, a Abrasel/SC, co-criada com diferentes atores do ecossistema de inovação de Florianópolis, com destaque para o atual presidente da entidade, Raphael Dabdab, e o autor deste artigo.

Inicialmente chamado de CIGA (Centro de Inovação em Gastronomia Abrasel), e agora recém rebatizado como Fermento – Centro de Inovação em Gastronomia e FoodTech, este ambiente ficará no Bewiki Floripa Centro, que será inaugurado ainda neste ano de 2022.

crédito: iStock

A modelagem deste centro de inovação foi orientada pelas diretrizes do Guia de Implantação de Centros de Inovação de Santa Catarina, e também por casos de sucesso de outros locais fora do Brasil, tais como o Basque Culinary Center e o Food Innovation Program de Bologna. A partir dessas referências, foram planejadas as ações do Fermento, sendo algumas delas inclusive já se encontram em operação, mesmo antes da inauguração do espaço oficial.

A governança, primeira e mais importante função para este centro de inovação, é exercida pela Abrasel/SC. A entidade coordenou todos os trabalhos e liderou todas as definições importantes desde os primeiros momentos. Aliás, ao deixar a presidência da Abrasel/SC no próximo mês de maio de 2022, Raphael Dabdab passará a ser o executivo à frente da estrutura criada para gerenciar o centro.

“ONE STOP SHOP” PARA CONEXÕES E DADOS DO SETOR  

A Abrasel/SC também será responsável pela recepção e acolhimento daqueles que frequentam o espaço, realizando a função “one stop shop” para esclarecer as dúvidas e realizar conexões, dentro do próprio centro de inovação e também com parceiros ou locais externos. Também trará informações do Observatório da Gastronomia, iniciativa do Sistema Fecomércio | Sesc | Senac SC a partir do Programa Florianópolis Cidade Criativa da Unesco na Gastronomia, chancela conquistada pela cidade em 2014.

Outra função do Centro de Inovação Fermento que já está em operação é a incubadora de startups, realizada em parceria com Sebrae/SC e Acate. Trata-se de uma operação fundamental para o ambiente de inovação, pois proporciona suporte para que startups que estejam nos seus primeiros momentos (early stage) sobrevivam ao “vale da morte” e iniciem a jornada de tração em vendas/faturamento. Utilizando a metodologia Miditec parceria, a incubadora iniciou suas operações em 2021 e já conta com seis startups. Em 2022 deve ser realizada outra chamada para que mais startups sejam incubadas no centro de inovação.

Um destaque interessante para essa incubadora é a abertura para que empresas possam apoiar a operação. Atualmente patrocinada pela Sodexo, a Abrasel/SC busca outros patrocinadores para a incubadora, que passam a receber relatórios sobre o desempenho das startups, e têm acesso preferencial em eventos e a oportunidades de parceria ou até mesmo de investimento nas startups incubadas. Outro benefício é que as empresas patrocinadoras passam a ser reconhecidas pelo ecossistema de inovação local.

Outra função importante que já começa a funcionar em 2022, mesmo antes da inauguração do ambiente físico, é o Laboratório de Inovação Aberta. Tendo novamente a Acate como parceira, a Abrasel/SC leva para o Centro de Inovação Fermento o já reconhecido programa LinkLab. Com esse serviço, empresas da cadeia produtiva da gastronomia já estabelecidas no mercado terão acesso a startups com soluções inovadoras que podem representar novos produtos/serviços a serem integrados aos seus portfólios, trazendo vantagem competitiva e melhorando o posicionamento estratégico no mercado. 

Para as startups, trabalhar com essas empresas estabelecidas pode representar oportunidades relevantes de parceria, permitindo tração de vendas/faturamento ou até mesmo eventuais investimentos no negócio.

O Fermento também terá uma Cozinha Laboratório, para diferentes usos: o espaço poderá hospedar a produção de conteúdos, a realização de cursos e também de eventos a serem realizados no centro de inovação. Equipamentos, tecnologias, materiais ou produtos inovadores e que precisem de validação poderão realizar ações de testes e de validação. Além disso, o espaço levará o espírito da Startup Enxuta para os restaurantes, permitindo a operação de Restaurantes Pop-up, que funcionarão por tempo determinado para testar novos cardápios, modelos de serviço, ou até mesmo novos conceitos de restaurantes, que, se forem validadas, poderão evoluir para operações definitivas em outros locais.

Outras operações devem embarcar no centro de inovação. Já está no radar a implantação de uma pré-incubadora que, a partir do mapeamento de desafios de inovação na cadeia produtiva da gastronomia, dará suporte a empreendedores para validar ideias de negócios inovadores, transformando-as em planos de negócio, com protótipos ou mínimos produtos viáveis (MVP) e com a formalização das empresas. Da mesma forma que a incubadora, a Abrasel/SC buscará patrocinadores para a manutenção desse serviço que é fundamental não apenas para o centro de inovação, mas para o ecossistema como um todo.

O Fermento terá capacitações para estimular a geração de empreendimentos inovadores, considerando diferentes disciplinas. Em parceria com instituições de ensino, serão abordados assuntos técnicos, tecnológicos e de gestão. E, complementando esses conteúdos, também serão realizadas missões para conhecer outros centros e ecossistemas de inovação, sempre mantendo o foco em gastronomia e foodtech.

O centro de inovação também terá serviços adicionais para promover encontros das pessoas do ecossistema de inovação de Florianópolis, gerando oportunidades para a realização de negócios. Anexo ao centro haverá um food hall, com diferentes opções gastronômicas (cafés, bares, restaurantes, etc.), e também haverá espaços para que empresas inovadoras possam ter escritórios, “respirando” inovação.

Percebe-se com mais este exemplo, que o legado da política catarinense de centros de inovação vai além dos centros de inovação construídos pelo Governo de Santa Catarina. Certamente outros habitats de inovação como o Fermento poderão surgir, tanto em SC quanto em outras unidades da federação. O impacto no desenvolvimento econômico tende a ser muito positivo, a partir da geração de startups e do reforço estratégico às empresas estabelecidas. Com isso, um novo desafio deve surgir: garantir a integração de todos esses espaços e seus serviços, inicialmente em nível estadual e, quem sabe, até mesmo nacional.

Fonte: por Marcus Rocha, SC Inova, originalmente publicado em 12/04/22, sob o título “Um centro de inovação também pode ser especializado em Gastronomia”

Também pode
te interessar:

Feira do Mel de Santa Catarina terá vendas online e no centro de Florianópolis
Data: 11/05/2022 Tempo: 09min Categoria: Cadeia Produtiva

Feira do Mel de Santa Catarina terá vendas online e no centro de Florianópolis

O Largo da Alfândega, em Florianópolis, vai receber 19 produtores de mel de todo o estado de Santa Catarina de 11 a 14

Inscrições abertas para Concurso Gastronômico Enchefs SC 2022
Data: 09/05/2022 Tempo: 03min Categoria: Gastronomia

Inscrições abertas para Concurso Gastronômico Enchefs SC 2022

Santa Catarina realizará, pela segunda vez, a etapa estadual do Festival Enchefs, evento que indica representantes para

Publicação reúne receitas novas e tradicionais tendo o butiá como protagonista
Data: 02/05/2022 Tempo: 02min Categoria: Cadeia Produtiva

Publicação reúne receitas novas e tradicionais tendo o butiá como protagonista

O livro “Butiá para todos os gostos”, publicado pela Embrapa Clima Temperado, reúne 141 receitas tendo o butiá