Data: 18/06/2021 Tempo: 05min de leitura Categoria: Atualidade Visualizações: 209 visualizações
Por: Nathália Bernardinetti

Toda semana uma seleção de conteúdo cultural, técnico e/ou científico sobre o universo da Gastronomia e Alimentação


Seleção de 18/junho/21

No Dia Mundial da Gastronomia Sustentável separamos alguns eventos que celebram a data. Confira abaixo:

01 Giornata mondiale della Gastronomia Sostenibile

A programação de Parma, Cidade Criativa Unesco da Gastronomia, para celebrar a data contará com transmissões ao vivo. Ao meio dia o tema será o programa de pós-graduação em “Master FCD – Food City Design“, a conferência será em inglês. Já a segunda transmissão, às 14h, “Gastronomia Sustentável: na Itália é possível”, abordará a cadeia agroalimentar italiana, abrangendo desde experiências, produtos extraordinários e tradições redescobertas ou renovadas, a conferência será em italiano. Ambas transmissões podem ser acessadas pelo canal Città di Parma (Youtube) ou na página Laboratorio Aperto Parma (Facebook).


02 Como podemos agir?

Qual o significado dessa data? Como podemos agir em nosso dia a dia para mudanças sustentáveis na cadeia produtiva da gastronomia e alimentação? Para responder esses questionamentos a Faculdade Senac Florianópolis fará uma live com a professora Marília Vahls, que também irá preparar um creme de abóbora com uso integral do ingrediente. A transmissão será às 15h, pelo Observatório da Gastronomia (YouTube) e Faculdade Senac Florianópolis (Instagram).


03 Cadeia produtiva e usos da uvaia

Abrindo a programação da instituição para celebrar a gastronomia sustentável, o Núcleo de Estudos em Gastronomia (NEG), do IFSC, realizará o “III Seminário Gastronomia e Sustentabilidade: uvaia e suas formas de cultivo, usos e perspectivas de inserção na gastronomia”, tratando das características sensoriais do insumo, a cadeia de comércio da polpa de frutas nativas, possibilidades e desafios. A transmissão será via Google Meet, às 19h. 


Seleção de 11/junho/21

01 AGIR

[Segurança alimentar]

O Dia Mundial da Segurança dos Alimentos, celebrado no último dia 07 de junho, data estipulada pela Organização das Nações Unidas (ONU), objetiva “chamar a atenção e inspirar ações que contribuam para a prevenção, a detecção e a gestão de riscos transmitidos por alimentos, contribuindo à segurança alimentar, à saúde humana, à prosperidade econômica, à agricultura, ao acesso ao mercado, ao turismo e ao desenvolvimento sustentável.” O tema deste ano “Alimentos seguros agora para um amanhã saudável” , chama à cinco ações: garantir a segurança dos alimentos; cultivar alimentos seguros; manter a segurança dos alimentos; formar equipe para a segurança dos alimentos; e comprovar que sejam alimentos seguros (OPAS)


02 PARTICIPAR

Kombucha - Crédito: Melanie Rodriguez, por Pixabay

[Congresso Online de Alimentos e Agropecuária]

O II Congresso Online de Alimentos e Agropecuária (Conaag) do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) – Campus Barreiros será realizado entre os dias 28 e 30 de junho de 2021 apresentando como temática central “Inovações e desafios na produção de alimentos”. O evento, aberto e gratuito, conta palestras, mesas redondas e minicursos sobre produção de cerveja artesanal, elaboração de licor artesanal, kombucha, hidromel e processamento de brownie com inhame. A participação requer inscrição prévia.


03 LER

[Fome] 

Na semana do Dia Mundial da Segurança dos Alimentos reunimos conteúdos diversos que tratam da questão da fome no país. Com a pandemia do novo coronavírus, mais da metade da população brasileira se encontra em algum nível de insegurança alimentar. Os dados são do Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia do Covid-19 no Brasil, elaborado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede Penssan). Hoje são 19 milhões de brasileiros em situação de insegurança alimentar grave. Na Grande Florianópolis e no estado de Santa Catarina há iniciativas como o Mesa Brasil Sesc SC que recebe e coleta doações e encaminha para instituições cadastradas; a Rede Somar Floripa que está com pontos de coleta de alimentos nos locais de vacinação em Florianópolis.


Seleção de 04/junho/21

01 ASSISTIR

[Manoel e a Canoa]

O documentário “Manoel e a Canoa” acompanha o mestre canoeiro Manoel Ireno Querino, que aos 91 anos segue construindo canoas de um pau só na Ilha de Santa Catarina, porção insular de Florianópolis, SC. A canoa em construção foi executada com o Garapuvu, árvore símbolo da cidade – seu corte é proibido, mas este exemplar, plantado no pátio de um colégio, precisou ser retirado. A canoa de um pau só, tecnologia herdada do povo Carijó, era utilizada para pescar e atravessar a ilha até o mercado central e realizar as trocas comerciais. O projeto foi financiado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) através do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, na categoria de Patrimônio Cultural, de 2019. Com direção e roteiro de Rodrigo de Freitas, os vídeos estarão disponíveis gratuitamente para acesso no canal da Covil Filmes até às 23h59min do dia 06 de junho. Há duas versões disponíveis, sem acessibilidade e com acessibilidade (Legendas LSE, Libras e Audiodescrição).


02 LER

[Registro da Pesca Artesanal da Tainha no Campeche]

A pesca artesanal da tainha teve início em primeiro de maio e segue até 31 de julho, período em que os cardumes migram para o litoral catarinense para reprodução. A atividade realizada no Campeche, bairro de Florianópolis, foi inscrita no Livro I, do “Registro dos Saberes” como Patrimônio Cultural de Santa Catarina em 2019. O processo de registro foi organizado em livro pelas pesquisadoras Claudia Hickenbick e Elisa Freitas Schemes. Com riquíssimas fotografias e ilustrações da prática, o livro “Registro da Pesca Artesanal da Tainha no Campeche como Patrimônio Cultural de Santa Catarina” está disponível para acesso online na seção de Publicações, do Observatório da Gastronomia.


03 PARTICIPAR

[Pesquisa sobre higiene e manipulação de alimentos] 

Se você é do setor de alimentação e atua na Grande Florianópolis, Santa Catarina, a pesquisa “Contribuições técnicas sobre higiene e manipulação de alimentos para uma gastronomia segura na Grande Florianópolis”, coordenada pela professora Elinete de Lima, do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), quer ouvir sua opinião sobre as dificuldades e barreiras para a aplicação das normas de boas práticas de higiene e manipulação dos alimentos. A participação é anônima através de um formulário online dividido em seções: higiene pessoal, recebimento e armazenamento de produtos, pré-preparo dos alimentos, preparo e distribuição de alimentos, higiene do ambiente e a situação na pandemia.


Também pode
te interessar:

Cardapioteca – acervo de cardápios e menus como fonte de informação
Data: 15/06/2021 Tempo: 01min Categoria: Formação

Cardapioteca – acervo de cardápios e menus como fonte de informação

A Rede de Bibliotecas do Senac SC iniciou o processo de criação da Cardapioteca – um acervo de cardápios de

Festival online apresenta possibilidades de uso gastronômico da uvaia
Data: 14/06/2021 Tempo: 02min Categoria: Cidade Criativa

Festival online apresenta possibilidades de uso gastronômico da uvaia

Em comemoração ao Dia Mundial da Gastronomia Sustentável, em 18 de junho, um festival online vai trazer receitas com

Oficina levanta desafios e oportunidades para Turismo Gastronômico no país
Data: 10/06/2021 Tempo: 02min Categoria: Institucional

Oficina levanta desafios e oportunidades para Turismo Gastronômico no país

Entre os dias 24 e 28 de maio foi realizada a Oficina on-line “Desafios e Oportunidades para o Turismo Gastronômico no