Data: 24/04/2020 Tempo: 01min de leitura Categoria: Alimentação Visualizações: 85 visualizações
Por: Observatório da Gastronomia
Por Jessica Krieger/Pricilla Back
Assessoria de comunicação do Senac/SC – imprensa@sc.senac.br

Optar por receitas que usam alimentos da estação é a melhor forma de garantir economia e qualidade. Com a chegada das estações mais frias, por exemplo, frutas como o caqui, o kiwi e a tangerina ponkan são encontradas mais facilmente no mercado. Por isso, são as melhores opções para inserir nas refeições com criatividade. A nutricionista Isaura Hammerschmitt Clemente, responsável pelo Programa Senac de Segurança Alimentar e Gastronomia, separou algumas dicas importantes para você aprender como conservar por mais tempo esses alimentos. Confira:

Conservação de alimentos 

Mesmo que a compra de alimentos frescos tenha um sabor especial, no caso das frutas, por exemplo, é possível reaproveitá-las por mais tempo. Afinal, com preços mais acessíveis, você tem uma oportunidade de comprar uma quantidade maior e armazenar. Para isso, a nutricionista explica algumas formas de manter a conservação do sabor e dos nutrientes:

‘’Tanto frutas quanto algumas hortaliças podem virar polpa. Outra opção é fazer geleias ou o branqueamento (cozinhar e dar um choque térmico com água fria parando o cozimento) em hortaliças como o brócolis e a couve para congelá-las. Um exemplo de polpa é com a carambola, uma fruta frágil que logo começa a apresentar pontos de maturação maior. Para o preparo, o ideal é bater a fruta no liquidificador sem as sementes. O resíduo que resta pode ser utilizado também para uma geleia. Para isso, a cada duas xícaras do resíduo da carambola, é preciso adicionar 2/5  xícaras de açúcar ou adoçante.”

Saiba quais são os alimentos da estação dos próximos meses:

A sazonalidade de um alimento costuma ser diferente em cada região, já que o clima interfere na época da safra. Em Santa Catarina, a proximidade do inverno traz aos mercados pela primeira vez ao ano alimentos como o pinhão e a tangerina Ponkan. Portanto, se você deseja acompanhar preços e alimentos de qualidade, fique atento! Coletamos alguns dados do CEASA, o Centro de Abastecimento do Estado de Santa Catarina, para auxiliar você nessa pesquisa pelos próximos meses:

 

Fonte: Blog Senac SC

Também pode
te interessar:

Sistemas alimentares urbanos: desafios e oportunidades
Data: 27/07/2021 Tempo: 03min Categoria: Opinião

Sistemas alimentares urbanos: desafios e oportunidades

Atualmente mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas e até 2050 espera-se que essa fatia chegue a 75%

Mel de Melato de Bracatinga recebe Indicação Geográfica
Data: 22/07/2021 Tempo: 07min Categoria: Cadeia Produtiva

Mel de Melato de Bracatinga recebe Indicação Geográfica

Santa Catarina conquistou nesta terça-feira, 20, a Indicação Geográfica (IG) do Mel de Melato da Bracatinga na

Charcutaria de Florianópolis inova na produção de embutidos com produtos locais e orgânicos
Data: 21/07/2021 Tempo: 04min Categoria: Gastronomia

Charcutaria de Florianópolis inova na produção de embutidos com produtos locais e orgânicos

Mais famosa pelos restaurantes de frutos do mar, a rota gastronômica da Lagoa da Conceição, em Florianópolis, guarda