Data: 21/01/2019 Tempo: 01min de leitura Categoria: Cadeia Produtiva Visualizações: 106 visualizações
Por: Observatório da Gastronomia
Besouros e larvas podem não parecer muito agradáveis ao nosso paladar, mas são excelentes fontes de vitaminas, proteínas e sais minerais.Estima-se que a composição dos insetos seja de 50 a 60% de proteína, ou seja, pra cada quilo de inseto produzido, 500 a 600 gramas são de proteína. Essa relação é menor na carne bovina: em 1 kg de carne, apenas 230 gramas são de proteína, ou seja 23%.

Os insetos comestíveis são criados de forma higiênica em bandejas, se alimentando de farelo de trigo e aveia. São mantidos em uma sala com ambiente controlado, longe da luz. Uma vez por semana é necessário inserir às bandejas uma fonte de umidade que são pequenas rodelas de batata doce.

O responsável por esse trabalho é o pesquisador da Epagri da Estação Experimental de Caçador, Juracy Lins. “Pode parecer estranho pra nós da cultura ocidental querer consumir insetos, mas esse hábito já é uma prática bastante comum nos países orientais, como a China e o Vietnã”, explica Juracy.

O pesquisador conta que pretende fazer o processamento dos insetos e produzir uma farinha rica em nutrientes. Essa farinha pode ser introduzida em diversos alimentos como pães, biscoitos e macarrões. Como esse inseto, neste modo de produção, não possui um sabor muito marcante, o sabor original da receita não será alterado.

Existem várias vantagens na produção de insetos comestíveis em relação à produção convencional de proteína animal. Para saber mais, confira essa reportagem completa em vídeo no canal da Epagri no Youtube.

Fonte: Epagri

Também pode
te interessar:

Seminário gastronômico abordará ‘Frutas e frutos da terra e de além-mar’ como tema
Data: 28/07/2021 Tempo: 01min Categoria: Evento

Seminário gastronômico abordará ‘Frutas e frutos da terra e de além-mar’ como tema

Realizado pelo Museu da Gastronomia Baiana (MGBA) do Senac Bahia, o Seminário da Gastronomia Baiana chega a sua 15ª

Sistemas alimentares urbanos: desafios e oportunidades
Data: 27/07/2021 Tempo: 03min Categoria: Opinião

Sistemas alimentares urbanos: desafios e oportunidades

Atualmente mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas e até 2050 espera-se que essa fatia chegue a 75%

Mel de Melato de Bracatinga recebe Indicação Geográfica
Data: 22/07/2021 Tempo: 07min Categoria: Cadeia Produtiva

Mel de Melato de Bracatinga recebe Indicação Geográfica

Santa Catarina conquistou nesta terça-feira, 20, a Indicação Geográfica (IG) do Mel de Melato da Bracatinga na