Data: 28/01/2019 Tempo: 02min de leitura Categoria: Institucional Visualizações: 236 visualizações
Por: Observatório da Gastronomia

Os agricultores que se dedicam ao cultivo de hortaliças ganharam um novo espaço para obter informações sobre a produção. É a  “Página do Produtor”, lançada pela Embrapa Hortaliças. O novo espaço possibilita acessar conteúdos sobre pesquisas relacionadas às culturas de batata-doce, cebola, batata, alho, cenoura, mandioquinha-salsa e berinjela. Em breve, também estarão na página informações sobre tomate e pimenta.

Segundo o analista Henrique Carvalho, idealizador da página, a iniciativa teve como base a demanda crescente por informações sobre as hortaliças, identificada nos registros do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), e que gerou a necessidade de se pensar em outras ferramentas que pudessem oferecer respostas de maneira ágil e dinâmica.

“O objetivo da construção da ‘Página do Produtor’ foi o de disponibilizar informações, no tempo e na hora, sobre as hortaliças mais demandadas e consideradas economicamente relevantes dentro da cadeia produtiva”, ressalta Carvalho. “Todo o conhecimento gerado nesses 45 anos de pesquisas da Embrapa e de instituições parceiras com essas hortaliças está reunido nesse espaço, por produto”.

Ainda conforme o analista, o público-alvo a quem se destina as informações faz, obviamente, parte do universo rural – produtores e extensionistas –, mas ao mesmo tempo a abrangência do conteúdo permite que ele possa ser útil para qualquer pessoa que tenha interesse em conhecer mais sobre as hortaliças que fazem parte de sua dieta alimentar, ou por qualquer outra motivação.

De acordo com ele, uma das vantagens da ferramenta é a de possibilitar o acesso, num mesmo espaço, a conhecimentos antes obtidos de forma pontual. “A ‘Página do Produtor’ trata cada uma dessas hortaliças em todos os formatos disponíveis na internet – html, publicações em pdf, vídeos e notícias publicadas no portal, elaboradas na unidade ou por outros veículos de divulgação”, pontua.

30 mil acessos

A fim de mensurar a percepção do público ante a novidade, a “Página do Produtor” ficou disponível no período de 1º de setembro a 1º de outubro de 2018. Sem divulgação prévia, o conteúdo da página ficou acessível apenas às pessoas que buscavam informações sobre a produção de hortaliças nos sites de busca, como Google, Yahoo ou MSM, por exemplo. O fluxo e o comportamento desses acessos foram monitorados através de ferramentas que levantam indicadores de acesso à internet.

Os resultados não decepcionaram. Em 30 dias de testes, sem qualquer divulgação, foram computados mais de 30 mil acessos, tornando-se um destaque entre todas as páginas do site da Embrapa Hortaliças. Além disso, 69 das 100 páginas mais visitadas do portal foram a “Página do Produtor”. “A aceitação do formato e especialmente do conteúdo foi tamanha que, em aproximadamente 60% das visitas, os leitores se sentiram estimulados a continuar navegando, caso pouco comum em se tratando do comportamento de navegação na internet”, enfatiza Carvalho.

Acesse aqui a “Página do Produtor”

 

Saiba mais: Mapeamento e Quantificação da Cadeia Produtiva das Hortaliças

 

Fonte: Agro em dia

Também pode
te interessar:

Laticínio em Guaraciaba/SC recebe Selo Arte em diversos queijos artesanais
Data: 20/01/2022 Tempo: 05min Categoria: Cadeia Produtiva

Laticínio em Guaraciaba/SC recebe Selo Arte em diversos queijos artesanais

Acompanhados de amigos e autoridades, Vanderlei Balbinot e Elizete Balbinot receberam em 3 de dezembro de 2021, uma

Websérie retrata experiências e sensações das cidades criativas brasileiras
Data: 18/01/2022 Tempo: 02min Categoria: Cidade Criativa

Websérie retrata experiências e sensações das cidades criativas brasileiras

Florianópolis, Cidade Criativa Unesco da Gastronomia, será retratada na websérie junto com as demais cidades

Empresas do Ribeirão da Ilha recebem validação para depurar moluscos e mexilhões
Data: 13/01/2022 Tempo: 01min Categoria: Cadeia Produtiva

Empresas do Ribeirão da Ilha recebem validação para depurar moluscos e mexilhões

Empresas do Ribeirão da Ilha, bairro ao sul da Ilha de Santa Catarina, Florianópolis/SC, recebem a primeira validação